Menu
Área de Conservação Transfronteiriça do KAZA

Área de Conservação Transfronteiriça do KAZA

ATFC KAZA é uma iniciativa dos cinco países da região (Angola, Botswana, Namíbia, Zâmbia e Zimbabwe), que pretendem estabelecer uma área de conservação e de turismo na região, situada entre as margens dos rios Kubango e Zambeze, no contexto do desenvolvimento sustentável e das Áreas Transfronteiriças de Conservação.

A Área de Conservação Transfronteiriça do Okavango/Zambeze inclui para Angola os Parques Nacionais de Luengue-Luiana e Mavinga, que se interligam com as áreas dos países vizinhos, constituindo, assim, a Área de Conservação Transfronteiriça do KAZA.

Origem da Área de Conservação  ATFC KAZA

Inicialmente, o Projecto KAZA surgiu como Projecto OUZIT (Ouzit-Okavango Upper Zambezi International Tourism Initiative) – Iniciativa de Turismo Internacional do Kubango e Alto Zambeze – lançada, em 1993, como um conceito para um santuário de vida selvagem, localizado no contexto das bacias hidrográficas do Okavango e Zambeze, ligando partes de Angola, Botswana, Namíbia, Zâmbia e Zimbabwe e cobrindo mais de 260,000 km².

thumbnail

São vários os seus objectivos impulsionadores:

  • Criar uma colaboração transnacional e uma cooperação entre os estados membros da SADC;
  • Promover tanto a aliança na gestão dos recursos biológico e cultural, bem como encorajar a cooperação social, económica e ainda a parceria entre os governos e os intervenientes;
  • Desenvolver mecanismos e estratégias para as comunidades locais participarem significativamente na tomada de decisão e terem benefícios tangíveis a partir da ATFC;
  • Promover o turismo transfronteiriço como meio de favorecer o desenvolvimento sócio-económico regional.

Importância Ambiental

  • Liga 36 áreas de conservação a nível dos países membros;
  • É um dos maiores recursos de água doce a nível mundial;
  • Alberga a maior população de elefantes a nível mundial, estimados em 250 000;
  • Contem várias espécies raras em vias de extinção: chita, rinoceronte preto, cão selvagem africano, antílope negro africano e antílope ruano, puku, oribi, texugo, grou-carunculado e grifo do cabo.

Importância Turística

Este é o maior destino eco-turístico a nível mundial. O turismo representa, portanto, a alternativa mais viável para o desenvolvimento da região.
O Kaza é detentor de uma série de atracções conhecidas mundialmente:
As Quedas de Victoria Falls – Zimbabwe
O Delta do Okavango – Botswana
Parque de Bwabwata – Namibia
Parque de Kafue – Zâmbia
Parque de Luengue-Luiana – Angola